Páginas

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Dilma endurece política de greve e irrita sindicalistas

Dilma endurece política de greve e irrita sindicalistas

Uma prática raramente vista no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mas presente na gestão da mandatária brasileira Dilma Rousseff (PT), irritou sindicalistas. A necessidade de ajuste fiscal e o receio de uma escalada inflacionária levaram o Executivo a endurecer a política de greves e atacar o “bolso dos grevistas” com corte de ponto. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o objetivo do Planalto é desencorajar paralisações que se anunciam em outras áreas cruciais, como polícia, Judiciário e petroléo, cujos servidores negociam esta semana diretamente com a Petrobras e com o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. Diversas entidades sindicais se manifestaram e disseram que Dilma joga mais duro do que Lula.

RESENHA GERAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário